quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Oxigênio.

Muitos problemas estão prestes a arruinar a minha vida e a me enlouquecer.
Mas hoje, quero esquecê-los, não quero pensar.
Eu quero deitar na grama verde molhada pelo orvalho, olhar as estrelas e rir e chorar, rir do nada, chorar por causa de nada.
Eu quero me ver livre de preocupações e de todos os meus problemas, eu quero viver a minha vida, só a minha, não vou mais ligar para socos e machucados.
Hoje eu quero acordar feliz, vestir meu melhor vestido, colocar dezenas de colares e anéis.
Eu quero aprender a tocar gaita, é, hoje eu vou tocar gaita. Hoje eu vou falar francês e correr na chuva. É isso que eu quero fazer hoje!
Depois das aulas de gaita, eu quero sair pelo mundo. Isso mesmo. Sair pelo mundo.
Pegar minha carteira semi-cheia, pegar um ônibus, talvez um avião, e sair, sair pro lugar que o destino quiser que eu vá!
Sozinha, acompanhada, tanto faz, eu vou viver a minha vida, só minha.

2 comentários:

  1. Também quero.
    Eu ADORO te ler.
    Me deixa feliz, até quando é triste.

    ResponderExcluir
  2. Fico muito feliz em saber disso, Ferdi.

    ResponderExcluir